17.2.18

Ele usa quem Quer!

    Olá gente linda, tudo bem com vocês?  Eu peço perdão por ficar um tempo sem postar nada aqui no blog, o motivo do meu sumiço é que eu estou estudando agora então minha rotina ficou bastante complicada, por esse motivo, os posts aqui no blog provavelmente serão postados aos sábados.
    Mas não foi só  isso que eu vim falar com vocês. Esses dias atrás eu estava refletindo e  percebi que Deus nos usa principalmente quando pensamos que Ele não está, percebi que Deus  nos usa para pregar a sua palavra nos pequenos detalhes do nosso dia-a-dia. Por isso eu trouxe esse texto para vocês. 



        É muito normal de nós, seres humanos, julgarmos as pessoas pela aparência, pelo jeito como a pessoa fala e se porta. Mas sera que Jesus gosta que façamos isso? O que Jesus pensa disso? Será que só quem usa terno e gravata pode pregar o evangelho?  Será que existe um tipo de padrão para falarmos do amor de Deus?
    Se existe, eu desconheço. Pois o Jesus que eu conheço é aquele que fugia dos padrões. Quando todos achavam que o grande Salvador iria nascer em um palácio, Ele nasceu em uma manjedora. Quando todos achavam que o Príncipe da Paz andaria com as pessoas bem sucedidas da sociedade, Ele prefiriu andar com os necessitados,  com as pessoas que a sociedade não dava nada! 
    Não precisa usar terno, ter uma boa eloquência,  ter dinheiro para falar de Deus. Você aí pode falar do amor dEle! E para aqueles que duvidam disso eu posso provar através da Bíblia que Deus usa quem Ele quer, na hora que Ele quer e do jeito que Ele quer!
    Quem aqui se lembra do ladrão que estava crucificado ao lado de Jesus? Vocês se lembram do que ele disse para Jesus? Em Lucas 23:24 o ladrão vai falar assim: "Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino." 
     Engraçado, como o ladrão sabia que Jesus era rei? Ele podia ter falado: "Salva- me Jesus!", "Tenha misericórdia de mim Senhor!" . Mas não, ele cita o Reino de Deus. Por quê? E como ele descobriu que Jesus era rei? 
    Antes de Lucas escrever a fala do ladrão, ele escreveu: "E também, por cima dele, estava um título, escrito em letras gregas, romanas e hebraicas: ESTE É O REI DOS JUDEUS". Depois de três versículos que lemos o pedido do ladrão. 
     Talvez o ladrão estava lá pendurado, vira a cabeça para o lado para ver os seus companheiros de crucificação e se depara com essa proclamação real e resolve pedir por uma ajuda real. 
    Eu tenho certeza que Pilatos não queria pregar a palavra de Deus quando escreveu essa frase. Na verdade, a intenção dele era humilhar Jesus e os Judeus. Mas  Deus usa quem quer e usou Pilatos para proclamar o evangelho. Ele escreveu o que Deus queria que ele escrevesse e essa frase que ele escreveu mudou a vida de um leitor. 
    Qualquer pessoa que passasse por onde Jesus estava sendo crucificado leria aquela frase e não em um único idioma, mas em três!  Em hebraico que era a linguagem da religião, em latim que era o idioma dos romanos que dominava as leis e o maior governo na época e também em grego, idioma da Grécia que predominava a cultura. Jesus foi declarado Rei em todas elas por um cara que levou ele para a morte! 
    E aí eu te pergunto; Deus usa quem quer ou não? Eu digo que sim. Então não tenha medo de falar do amor de Deus, mesmo que você seja julgada (o). Se Deus usou quem não queria ser usado, imagine a forma maravilhosa que usa quem quer ser usado! Coloque Deus na frente que tudo dará certo. 
    Esse foi o post de hoje, espero que Deus tenha falado com vocês. Não se esqueça de deixar seu comentário, adoraria ler o que você tem a dizer. 
    Beijos e até a próxima. 

29.1.18

Resenha: Diga sim ao Marquês, de Tessa Dare

    Olá gente linda, tudo bem com vocês? Hoje eu decidi trazer para vocês a resenha de um livro que me surpreendeu bastante e que se você der uma chance, também irá se surpreender. Bora para a Resenha? 

Título: Diga sim ao Marquês 
Autora:  Tessa Dare
Série: Castle Ever After, volume 2
Editora: Gutenberg 
Páginas: 288
Ano de lançamento: 2016

Sinopse: 
Vossa Excelência está convidada a comparecer ao romântico castelo Twill para celebrar o casamento da senhorita Clio Whitmore e… e…? Aos 17 anos, Clio Whitmore tornou-se noiva de Piers Brandon, o elegante e refinado Marquês de Granville e um dos mais promissores diplomatas da Inglaterra. Era um sonho se tornando realidade! Ou melhor, um sonho que algum dia talvez se tornasse realidade… Oito anos depois, ainda esperando o noivo marcar a data do casamento, Clio já tinha herdado um castelo, tinha amadurecido e não estava mais disposta a ser a piada da cidade. Basta! Ela estava decidida a romper o noivado. Bom… Isso se Rafe Brandon, um lutador implacável e irmão mais novo de Piers, não conseguir impedi-la. Rafe, apesar de ser um dos canalhas mais notórios de Londres, prometeu ao irmão que cuidaria de tudo enquanto ele estivesse viajando a trabalho. Isso incluía não permitir que o Marquês perdesse a noiva. Por isso, está determinado a levar adiante os preparativos para o casamento, nem que ele mesmo tenha que planejar e organizar tudo. Mas como um calejado lutador poderia convencer uma noiva desiludida a se casar? Simples: mostrando-lhe como pode ser apaixonante e divertido organizar um casamento. Assim, Rafe e Clio fazem um acordo: ele terá uma semana para convencê-la a dizer “sim” ao Marquês. Caso contrário, terá que assinar a dissolução do noivado em nome do irmão. Agora, Rafe precisa concentrar seus punhos e sua força em flores, bolos, música, vestidos e decorações para convencer Clio de que um casamento sem amor é a escolha certa a se fazer. Mas, acima de tudo, ele precisa convencer a si mesmo de que não é ele que vai beijar aquela noiva.
  
    Resenha:

    O livro narra a história de Clio Whitmore, neta de um Conde que ficou noiva de Piers Brandon aos 17 anos de idade. Depois de oito anos eles ainda não tinham se casado e Piers  não tinha sequer marcado a data do casamento! Enquanto o noivo não tomava nenhuma atitude em relação ao casamento, Clio foi ridicularizada pela sociedade, principalmente depois de colocarem o apelido de "Senhorita espera mais" na jovem. (Uma brincadeira com o sobrenome da moça).
    Até que um Belo dia a nossa jovem protagonista acaba ganhando um castelo de herança do avô e de algum modo isso faz com que Clio mude. Então ela toma a decisão de não se casar mais e de simplesmente seguir os seus sonhos, decisão esta que ninguém esperava. 
    Porém Rafe Brandon, irmãos de Piers,  Não concorda nem um pouco com essa decisão. Brandon é um homem selvagem que não suporta a aristocracia, nao suporta os bailes, vestir roupas caras e nem de ter que ser educado, polido. Mas se tem uma coisa que Rafe gosta muito é de lutar boxe, tanto que ele foi campeão durante quatro anos seguidos de um campeonato porém ele acabou perdendo uma das lutas mais importantes da sua carreira quando o seu pai morreu e o objetivo do Boy agora é tomar o seu lugar de volta no mundo da luta. 
  Mas tudo complica quando Clio toma aquela decisão pois se a jovem não se casar com o seu irmão perfeitinho, Rafe terá que assumir o seu posto e isso é algo que ele não quer de maneira nenhuma, fora que ele nunca mais poderia voltar a lutar. 
    Por isso ele acaba tomando a decisão de se hospedar no Castelo da Clio (que não gosta muito da notícia no início) para se assegurar de que ela se casará sim com Piers, nem que ele mesmo tenha que preparar o casamento! Com o passar dos dias ambos vai se conhecendo melhor e vão percebendo que o que eles pensavam que conheciam sobre o outro era algo totalmente superficial. Através disso os nossos protagonistas começam a nutrir um sentimento que vai além de uma simples amizade Mas, será que Clio vai se casar no final? E se sim, vai ser com Piers?

Considerações:

   Quando eu comecei a ler o livro, não botava muita fé nele e nem acreditava que ele pudesse se "igualar" ao Romance com o Duque , primeiro livro da série. Esse sentimento ficou mais forte porque no início do livro para mim foi muito enrolado, era como se a autora não soubesse o que estava escrevendo, como se ela não tivesse começado de fato a história e os personagens não me convencia, a leitura não fluía, foi  tenso! Mas depois de muita insistência da minha parte, eu pude ter á experiência de ver a história ir se transformando, os personagens amadurecendo, o romance me envolvendo e me prendendo até o momento em que eu percebi que não poderia parar de ler até chegar ao final. 
    Gente, vocês têm noção que eu não dava nada para esse livro, nada! E a Tessa conseguiu mudar o meu conceito sobre a história, ela transformou um simples romance que tinha tudo para não me prender em algo muito maior. Além de amor, o livro também fala sobre feridas, sonhos, conceitos imposto pela sociedade e  muito mais!
    Você precisam ler esse livro! Eu garanto que não iram se arrepender. E se vocês quiserem ler os outros livros da série, porém ler a vontade sem ir pela ordem cronológica pois os livros são independentes, um não tem nenhum envolvimento com o outro. 
    Essa foi a resenha de hoje, espero que vocês tenham gostado. Me deixe aqui em baixo a sua opinião. 
    Beijos e até a próxima.

24.1.18

Resenha: O beijo do bilionário, de Julie Farrell


Título: O beijo do bilionário 
Autor (a): Julie Farrell 
Série: Os Magnatas - Livro 1
Páginas: 192 
Editora: Amazon
Tipo: Ebook 
(Dados segundo o skoob)

Sinopse 
A diretora de operações, Amy Carter, é uma londrina bem-sucedida na carreira que está passando por um enorme problema: o firme assédio moral da empresa de Nova York, Irmãos Quinlan. Ao que tudo indica, cabeças vão rolar. Amy está determinada a lutar por seus colegas de trabalho, mas, ao chegar em Nova York, ela conhece Adam Quinlan, que deixa claro que está interessado em negociar com ela em um nível mais pessoal.
O bilionário, playboy e CEO, Adam Quinlan, sempre consegue o que quer: ele é bonito, confiante e gosta de ver as mulheres sucumbirem ao seu charme. Quando a bela Amy chama sua atenção, ele decide que irá seduzi-la. Mas, há um problema: o último pedido de seu falecido irmão foi que ele comprasse a empresa de Amy para que o projeto em que ele estava trabalhando pudesse ser completado. Adam sabe que, provavelmente, precisará demitir algumas pessoas, mas seduzir e levar Amy para sua cama, se torna, subitamente, mais importante do que negociar na sala de reuniões.
Amy quer mais de um homem do que apenas sexo alucinante e sem compromisso. E, certamente, não quer nada com o seu rival, Adam Quinlan. Então, por que ela não consegue parar de pensar nele, dentro e fora do quarto e da sala de reuniões? E o que está acontecendo com o solteirão convicto? Ele realmente está mudando de ideia e se apaixonando?
Independentemente da razão, Adam está prestes a descobrir que existem algumas coisas que o dinheiro não pode comprar…

Resenha:

    O ebook O beijo do bilionário é o primeiro livro da série Os Magnatas, nesse primeiro volume nós iremos conhecer a história de Adam Quilan e Amy Carter.  Amy é a responsável por cuidar de todos os trâmites em relação à venda da empresa aonde ela trabalha em Londres, que é a Grafton Techs. Tudo o que Carter quer é que seus companheiros da empresa não percam o emprego e que os compradores, os irmãos Quilan cuide bem da  empresa.
    Para assegurar que todos saiam felizes, Amy viaja para Nova Iorque aonde ficará por três dias. Tempo em que ela vai ter que trabalhar duro para não cair nas garras de um dos irmãos Quilan. Esse irmão é o Adam, um mulherengo que não suporta relacionamentos e que nunca desiste quando quer alguma coisa. Mas parece que com Amy não é dessa forma, ela o faz querer algo a mais além de que,  eles têm uma química absurdamente grande que o da pensar nela a  cada instante. 
     •••
    O livro tem muitos clichês do tipo 50 tons, como por exemplo: o CEO rico e a mulher sem muitas condições financeiras; ambos sentem uma super atração através do primeiro contato visual entre outros. Apesar disso a autora soube trabalhar muito bem em cima deles transformando a leitura que tinha tudo para ser chata e maçante em algo super envolvente e fluida. Fora que o livro é narrado em terceira pessoa, o que faz com que mergulhamos de cabeça no mundo dos protagonistas e olha que eu não sou muito fã de livros narrados em terceira pessoa.
    A única coisa que eu não gostei muito na história foi um suspense/ mistério que a autora quis colocar mas que na minha opinião ela não soube trabalhar muito bem. Julie poderia ter explorado melhor, fazendo com que alguns pontos que ficaram soltos se prendesse. 
  Porém não deixem que esse pontinho negativo te impeça de ler esse bebê pois o livro é otimo, principalmente para quem esta enfrentando uma ressaca literária.
    Essa foi a resenha de hoje. Espero que vocês tenham gostado, me conte aí nos comentários a sua opinião pois eu quero muito saber. 
    Beijos e até a próxima. 

17.1.18

Playlist: Dezembro

    Olá gente linda, tudo bem com vocês? Hoje é o dia aonde eu venho mostrar a vocês as músicas que eu mais ouvi no mês de Dezembro. Então solta o som Dj!!


1-Só quero ver você - Filipe H. e Laura Souguellis 


2- Rei e Santo- Canção e Louvor 


3- Oi Jesus - Isadora Pompeo 


4- O maior vilão sou eu -Sarah Beatriz 


5- Liberta-me de mim - Luma Elpidio 


6- Princípio e Fim- Jotta A


7- Espero por Ti- Gabriel Guedes e Isadora Pompeo


8- Eu não mudo - Jotta A


9-Eu me rendo- Diflen Music


10- Deixa queimar- Alessandro Vilas Boas



    E Esse foi o post de hoje. Espero que vocês tenham gostado, deixe aí em baixo nos comentários a sua opinião e se quiser me indique músicas também, vou amar ouvi-las.
    Beijos e até a próxima. 

12.1.18

Resenha: Blogueiras.com


  Olá gente linda,  tudo bem com vocês? Esse ano eu decidi me desafiar entrando no desafio literário do blog Livreando. Os blogueiros montaram 5 desafios para cada mês e se você escrever pelo menos duas resenhas de dois livros do desafio, você concorre a um prêmio. O primeiro desafio que escolhi foi o de ler um livro de capa branca e o  livro que li foi o Blogueiras.com da Tati Machado, Lari Azevedo, Raffa Fustagno, Mari Mortani, Mari Scotti, Adrielli Almeida, Teca Machado e Thays M. De Lima. Agora chega enrolação e vamos para a resenha!



Conto: Arrisque-se, Mariana Mortani 
    Em Arrisque-se nós conhecemos Bárbara, uma blogueira literária que viajou para Londres para participar de uma coletiva de empresa de uma nova série que está sendo lançada. Sempre foi o sonho dela viajar para essa cidade maravilhosa por isso ela não perde tempo e vai tirando fotos de tudo o que ela vê, chega ate a tirar foto de comida para postar nas redes sociais, coisa que ela nunca tinha feito antes. 
  Chega a hora de assistir o primeiro episódio da tal série e um “britânico misterioso” senta ao lado dela e a partir desse momento Bárbara passa a viver uma bela aventura na cidade da Rainha. 

Conto: Sentimentos às avessas, de Larissa Azevedo 

    Nesse conto nós conhecemos Amanda, uma jovem que sofre do transtorno de ansiedade e de depressão. Desde que foi diagnosticada, o psicológico de Amanda decidiu que ela deveria escrever em um diário mas como ela é uma menina que prefere a modernidade, decidiu escrever em um blog usando um pseudônimo chamado Estrela da manhã. Ela se sente muito sozinha, principalmente depois de um surto que teve na frente de seus amigos e acabou os perdendo. Um certo dia enquanto esta no consultório de seu psicólogo, Amanda acaba conhecendo Ingrid, alguém que finalmente entende o que ela passa e assim Ingrid mostra o mundo de uma outra forma para Amanda. 

Conto: E a vida me trouxe, de Raffa Fustagno 
    Já nesse conto, nós conhecemos Mafalda, uma booktuber. Ela acabou de sair de um relacionamento de anos graças ao namorado que a traía. Então Mafalda decidi ler o seu livro favorito pela milésima vez, só que na versão em português. Mas dessa vez ela tem uma surpresa, enquanto lia o livro seu protagonista preferido acabou saindo do livro e tornando-se realidade, isso graças a um negócio que tinha que se você lesse um livro várias vezes um personagem acabava vindo para a vida real. E a partir daí Mafalda terá que descobrir qual é o valor do amor. 

Conto: Segredos de Valentina, de Thati Machado 

    Aqui nós conhecemos Valentina, uma moça que acabou de terminar o namoro que todos apoiavam total, principalmente os seguidores que fizeram até campanha para eles voltarem. A fim de sair da Bad Valentina acaba aceitando o convite de uma empresa para cobrir a coletiva de imprensa de um filme que acaba de ser lançado, porém durante uma das entrevistas a moça acaba sendo assediada por um dos atores e conta isso em um vídeo afim de sensibilizar as pessoas de que isso não pode acontecer.     Mas o vídeo que era para ter uma boa repercussão, acaba tendo uma bem ruim, fazendo com que ela viva em um inferno . Agora ela vai ter que tentar virar esse jogo. 

Conto: TT, de Adrielli Almeida 

    Diferentemente dos outros contos, esse a nossa protagonista não é uma blogueira, mas trabalha para uma, a sua irmã mais velha. Hoje ela terá que entrevistar um grupo de K-pop muito famoso, além de ser a banca favorita da sua irmã. Acontece uma confusão e a protagonista acaba sendo confundida com a tradutora deles, através dessa situação ela aprende que ser blogueira pode trazer momentos muito divertidos e inusitados. 

Conto: A perfeição em existir, de Thays M. De Lima 

    Aqui nós conhecemos Helena, uma jovem que gosta muito de viajar e retratar suas aventuras em seu blog, dando a melhor visão que o leitor pode ter. Dessa vez ela viaja para Gramado, resolve aproveitar e visitar o Museu de cera que tem lá e se depara com a estátua de um homem lindo e também com ele pessoalmente.  Enzo é um ator famoso que teve a vida mudada depois de sofrer  acidente e agora Helena o ensinará a amar mais a sua vida. 

Conto: Canal Aline Cordeiro, de Mari Soctti 

    Aline é uma blogueira e youtuber que quer muito ser famosa e conseguir parcerias. Em seu canal ela costumava falar como era ser mãe solteira e passava dicas para mulheres que passavam pelo  mesmo. Porém com a sua ambição por ser tornar famosa, Aline acaba perdendo a sua essência de passa a fazer de tudo para chamar atenção, isso faz com que ela deixe seu filho um pouco de lado.  E através do pai do menino, seu ex, ela terá que aprender que inscritos não são tudo na vida. 

Conto: Conversas Literárias, de Tecca Machado    
  
    No último conto nós conhecemos Clara que acabou de comprar um computador novo de e uma marca desconhecida. Esse computador vem com um aviso estranho: “Cuidado com o que você posta na Internet.” Achando isso meio estranho mas nada anormal, Clara decide postar uma resenha no seu blog e quando ela clica em postar acaba entrando no universo do livro que acabou de resenha. A partir daí, Clara você grandes aventuras. 
•••
    Confesso que esperava mais desse livro ou talvez eu tenha ido com expectativas demais. Alguns dos contos deixou um pouco a desejar parando a história na metade,  tipo; o a história nos  enche de expectativas e nao recebemos um final. Talvez fosse essa a vontade das autoras, de nos deixar com sede de mais porém achei isso chato. Mas em compensação os outros me surpreenderam, como por exemplo Sentimentos avessos, A perfeição em existir e Canal Aline Cordeiro foram os que eu mais gostei pelas autoras terem conseguido escrever histórias completas, viciantes, muito bem escrita  e com uma linda lição de vida  em tão poucas páginas.
    Blogueiras.com foi o primeiro livro que li esse ano  (ele está disponível na Amazon) e merece 4 estrelas. 
    Espero que vocês tenham gostado da resenha, não se esqueçam de deixa a sua opinião ai em baixo. 
    Beijos e até a próxima. 



Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo